Arroz Doce
Gastronomia

ARROZ DOCE

Não constituindo propriamente uma especialidade exclusiva da região, é uma sobremesa obrigatória nas  festas de casamento e batizados.
Num ritual hoje caído em desuso, algumas semanas antes da cerimónia de casamento, o arroz doce era oferecido aos familiares e amigos como cartão de participação e convite. Geralmente entregue pelas noivas, as travessas eram transportadas em tabuleiros ou açafates cobertos com belos panos de linho confecionados nos teares da região. Ao fazerem a devolução das travessas, os convidados entregavam também os seus presentes de casamento. O arroz doce tradicional desta região deve ficar bastante consistente e, para ser servido, é cortado com uma faca. Talvez porque, assim, se podia distribuir mais facilmente por todos quantos, não sendo convidados, apareciam no dia da cerimónia à porta dos noivos
Ingredientes 
250 g de arroz, 1 l de leite, 300 g de açúcar, 1 limão, canela em pó
Modo de Preparação 
Coze-se o arroz em água com umas pedrinhas de sal. Coloca-se o leite ao lume com o açúcar e a casca de limão cortada fininha e, logo que o arroz esteja a meio da cozedura, deita-se sobre ele o leite, que também deve estar a ferver. Deixa-se cozer bem e serve-se em travessas polvilhadas de canela.